Em todo o mundo, implantações de legislação TPMS estão ganhando força. Na Europa, levada pelo desejo de redução de CO2, a legislação para uso de TPMS foi acertada e aprovada pelo parlamento europeu em novembro de 2009, com a implantação começando em 2012 e 100 % de conformidade em 2014. O TPMS proporciona uma economia de combustível de cerca de 2% em média, e é visto como um dos vários aprimoramentos em eficiência de combustível que os fabricantes europeus de veículos estão adotando para atingir os novos padrões de níveis de emissão de CO2 para a frota média. Claro que a segurança também é considerada como um importante benefício, mas criticamente a redução de CO2 levou a uma legislação mais severa do que a lei TREAD nos Estados Unidos.

Seguindo o caminho das leis norte-americana e europeia, a Ásia representa a próxima região com muitos veículos maduros para uma legislação TPMS. Japão, Coreia do Sul, China e Índia estão atualmente em processo de adotar legislações similares. A Coreia do Sul já confirmou sua intenção de adotar a legislação, agora confirmada apenas dois meses antes do prazo para implementação total na Europa. Japão, China e Índia devem seguir o caminho, mais provavelmente em um ano ou dois após estas datas, com estimativas conservadoras para o Japão em 2017, China em 2018 e Índia em 2019.